A Doença

        A endometriose é uma doença que se desenvolve quando o tecido de revestimento do útero (endométrio) cresce em outras regiões do nosso organismo, tais como ovários, tubas uterinas, intestinos, bexiga e até mesmo pulmões.

        Durante a menstruação, a descamação das células endometriais do útero causa o sangramento que se exterioriza pela vagina. Na endometriose, as células uterinas localizadas fora do útero também se descamam no período menstrual causando sangramentos para dentro dos órgãos onde se encontram. Isso leva à manifestação dos sintomas da doença chamada pelos médicos de “endometriose”.

        A dor pélvica crônica (DPC) pode ser definida como uma dor na região inferior do abdome, com duração de 6 meses ou mais, e que pode ser cíclica (relacionada ou não à menstruação) ou idependente da fase do ciclo menstrual. A dor pode ser suficiente para levar a incapacidade funcional, comprometimento da qualidade de vida e exigir tratamento médico clínico ou cirúrgico.

 

    Quem é afetado pela endometriose?

        A endometriose é uma doença da mulher em idade reprodutiva, isto é, da mulher que menstrua. A média de idade das mulheres à época do diagnóstico é de 25 a 30 anos. Aproximadamente 10% das mulheres com idade entre 15 e 49 anos são afetadas pela doença.

 

Observe abaixo os dois modelos dos sistema reprodutor feminino - o primeiro representa achados de normalidade enquanto que o segundo mostra o modelo com endometriose (observe o tecido interno do útero crescendo em regiões impróprias, ou seja, fora do útero):

 

 

Contato

Endometriose e Dor Pélvica Crônica Instituto Jenny de Andrade Faria - Alameda Álvaro Celso, número 117, Bairro Santa Efigênia – Belo Horizonte/MG (31) 3409-9546 endometrioseufmg@gmail.com